Notícias

Compartilhe:
Versão para impressão - A- - A+

Delação da JBS na mira

Imperatriz, Maranhão, 05 de Setembro de 2017

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse no início da noite dessa segunda-feira que o acordo de delação premiada firmado pelo Ministério Público Federal com a JBS pode ser anulado caso sejam comprovadas irregularidades por parte dos executivos do grupo empresarial, como omissões no processo de colaboração.

Investigadores obtiveram na semana passada áudios nos quais o dono da empresa, Joesley Batista, conversa com Ricardo Saud, diretor institucional.

Saud disse no diálogo que o procurador Marcelo Miller, que atuou por três anos no gabinete de Janot, estava “afinado” com eles e que estaria encaminhando o acordo de colaboração premiada que viria a ser fechado.

O diálogo ocorreu, provavelmente, no dia 17 de março, dez dias depois da conversa gravada por Joesley com o presidente da República, Michel Temer e dez dias antes do acordo de delação ser efetivamente fechado.

 

Veja

Categoria: MINISTÉRIO PÚBLICO

PARTICIPE: MANDE SEU ALÔ
captcha
CONECTE-SE COM A FM TERRA
  • FM Terra no Facebook!
  • Siga-nos no Twitter!
  • Nosso canal no YouTube!
COMPARTILHE
AddThis