Notícias

Compartilhe:
Versão para impressão - A- - A+

Catalunha declara independência, mas suspende efeitos para buscar diálogo

Imperatriz, Maranhão, 10 de Outubro de 2017

O presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, declarou a região independente, mas logo em seguida pediu ao Parlamento que suspenda o processo para iniciar um diálogo em busca de um acordo com a Espanha.

"Assumo o mandato do povo para que a Catalunha se converta em um estado independente em forma de república. Mas peço que o Parlamento suspenda os efeitos da declaração por umas semanas para entrar em uma etapa de diálogo", disse o líder catalão.

O anúncio ocorre nove dias depois de a maioria dos catalães terem votado pela independência da região, em um referendo reprimido pelo governo espanhol e considerado ilegal pela Justiça do país.

"Depois dos resultados [do referendo] de 1º de outubro, a Catalunha ganhou o respeito de ser um Estado independente. As urnas dizem "sim" para a independência e este é o caminho que estou disposto a transitar."

Segundo Puigdemont, "há muitas propostas de mediação, algumas das quais seriam difíceis de imaginar até pouco tempo atrás". "Apelo para a responsabilidade de todos. E peço ao governo espanhol que aceite a mediação."

Ele também pediu que Madri se esforce para entender o que motiva a Catalunha e atacou o governo espanhol pela violência policial no dia da votação do referendo. "Não somos criminosos, nem loucos, golpistas. Somos pessoas normais que pedem para votar", disse, pedindo que o governo espanhol respeite o referendo. "É a primeira vez que uma jornada eleitoral acontece entre ataques policiais contra aqueles que fazem fila para colocar seu voto na urna."

 

UOL

Categoria: INTERNACIONAL

PARTICIPE: MANDE SEU ALÔ
captcha
CONECTE-SE COM A FM TERRA
  • FM Terra no Facebook!
  • Siga-nos no Twitter!
  • Nosso canal no YouTube!
COMPARTILHE
AddThis